Mudanças entre as edições de "A rosa branca"

De Sexta Poética
Ir para navegação Ir para pesquisar
(formatando cofme usual)
(formatação)
 
Linha 1: Linha 1:
{{Comentário}}<poem>
+
<poem>
  
 
Entre espinhos nasceu,
 
Entre espinhos nasceu,
Linha 19: Linha 19:
 
Apenas uma pétala, na folha de seu caderno,
 
Apenas uma pétala, na folha de seu caderno,
 
Sem ao menos perceber que tão pouco ela viveu.
 
Sem ao menos perceber que tão pouco ela viveu.
 +
</poem>
 +
  
 
{{Comentário}}[[Categoria:Beth-ma]]
 
{{Comentário}}[[Categoria:Beth-ma]]

Edição atual tal como às 12h30min de 24 de fevereiro de 2017


Entre espinhos nasceu,
Uma linda rosa branca,
Mas um dia entristeceu,
Como o mar que se abranda.

Poderia ser imortal,
Mas isto não pode ser,
Como todo roseiral,
Um dia há de perecer.

Talvez um dia renascerá,
Mas a mesma não pode ser,
De sua existência nada restará,
A não ser suas pétalas desfolhadas,
Por um amante que ao ver,
Se bem me quer ou mal me quer, guardará,
Apenas uma pétala, na folha de seu caderno,
Sem ao menos perceber que tão pouco ela viveu.