Mudanças entre as edições de "Brasiléia"

De Sexta Poética
Ir para navegação Ir para pesquisar
(→‎Aquarela: pintando...)
Linha 27: Linha 27:
  
 
<poem>
 
<poem>
Se me permite aqui pintar
+
Se me permitis vós a graça
Começo mostrando a minha luz
+
De aqui pintar aquela luz
Pois com formas multicoloridas
+
Em formas multicoloridas
 
Nossa Brasiléia nos seduz
 
Nossa Brasiléia nos seduz
  
 
Ao vermelho terra intenso
 
Ao vermelho terra intenso
Tons pastéis vão se mesclar  
+
Tons pastéis vem se mesclar  
Ocres, sépias, liláses, ambar...
+
Ocres, sépias, liláses, ambar
No pano de fundo vão se misturar
+
No relevo a se abraçar
  
Azul céu, azul indescritível
+
Azul céu, indescritível
Denso, sem começo e sem fim...
+
Denso sem começo e fim
E no horizonte crespuscular
+
E o crepúsculo horizonte
Mil cores, acasalam-se amarelo e carmim
+
Casando amarelo e carmin
  
Um espetáculo se formando,
+
Um espetáculo se formando
Espetáculo do arco-íris nos vem brindar
+
Do arco-íris nos vem brindar
De matizes ímpares
+
Com os matizes dessa Terra
Vem nos conduzir e nos abençoar...
+
A nos conduzir e abençoar...
 
</poem>
 
</poem>

Edição das 02h31min de 25 de setembro de 2009

A Brasiléia, o épico das multidões! Ela se explica-se a si mesma e, se não explicar, pague uma pinga pra ela que de bom humor vocês se entendem!

Introdução

Minha terra não se métrica
Que súbita harmonia
A Brasiléia não é épica
Seja uma ode à alegria

A multidão herói
Da pátria sem fronteiras
Constrói seu mutirão
À livre moda brasileira

Povos

No começo eram os índios
algo como alguns milhões
não podiam imaginar
um futuro de grilhões

Estados

Aquarela

Se me permitis vós a graça
De aqui pintar aquela luz
Em formas multicoloridas
Nossa Brasiléia nos seduz

Ao vermelho terra intenso
Tons pastéis vem se mesclar
Ocres, sépias, liláses, ambar
No relevo a se abraçar

Azul céu, indescritível
Denso sem começo e fim
E o crepúsculo horizonte
Casando amarelo e carmin

Um espetáculo se formando
Do arco-íris nos vem brindar
Com os matizes dessa Terra
A nos conduzir e abençoar...