Mudanças entre as edições de "Quem vê de fora..."

De Sexta Poética
Ir para navegação Ir para pesquisar
(novamente g. =) http://gevaneios.blogspot.com.br/2012/08/pra-quem-ve-de-fora.html)
 
(parênteses)
 
Linha 1: Linha 1:
 
<poem>
 
<poem>
quem vê de fora...
+
Quem vê de fora...
  
 
impotente à hora
 
impotente à hora
Linha 8: Linha 8:
 
jamais a compreensão
 
jamais a compreensão
  
 +
(Quem vê de fora)
 
está diante de um mar de dúvidas
 
está diante de um mar de dúvidas
  

Edição atual tal como às 01h08min de 4 de setembro de 2012

Quem vê de fora...

impotente à hora
a empatia que
comunica a sensação
mas não o sentimento
jamais a compreensão

(Quem vê de fora)
está diante de um mar de dúvidas

se não as tolera
estende sobre o outro pesadas pontes
até verdades só suas que nele não estão
despencando-o no oceano ainda mais só

aquele que é amigo
não fará pesar pontes
só pintará horizontes


inspirado por g.