Caso o barco faça água

De Sexta Poética
Ir para navegação Ir para pesquisar

<poem>


caso o barco faça água hei de baixar contigo ao fundo _ nada de meias desgraças ou desesperos embutidos bebemos irmamente da mesma primavera, não faz sentido, no inverno, somente um passarinho tiritar de frio, o corpo meio de banda, a asa despencada.

de uma vez por todas pelo regime de comunhão universal.